Confissões de uma otome tímida: Ser otaku/otome

12 fev

Boa noite pessoal ♥ Como estão?

Ser otaku ou otome simplesmente é uma coisa incrivelmente boa até determinado momento. Por que digo isso?

Bem, comigo, ser otome sempre foi uma coisa boa. Eu me diverti muito na ausência de amigos. Melhorei bastante como desenhista e tentei me aperfeiçoar no idioma japonês.

 O mais incrível, é que os animês realmente conseguem te prender, a te cativar. Você simplesmente aprende valores incríveis e cria um grande afeto pelo os personagens ♥

E então você passa a amar as músicas japonesas e então começa a conhecer k-pops. E começa a comprar mangás e a jogar jogos relacionados a algum animê e tal. Passa a ir em eventos *=* Faz amizades com outras pessoas do mesmo gosto, entre outros exemplos.

Mas a pior parte de ser otaku/otome, é simplesmente o puro preconceito da sociedade.

O preconceito é tão grande que eu li uma informação uma vez que dizia que um cara foi preso no Japão suspeito de ter raptado uma garota só porque ele carregava mangás femininos e tinha a aparência de um otaku .-.

Infelizmente, no meu caso, o preconceito veio de dentro de casa =/ Mas não era o tempo todo, acontecia apenas quando eu fazia alguma coisa errada. Tipo, você erra e a pessoa joga na sua cara algo que você fez em 1930.

Foi basicamente dessa forma que eu sofri…

Ou pior, se eu estava triste, já colocavam a culpa nos animês. Diziam a mim que eu estava me excluindo de todos, e que eu iria ficar proibida de assistir tal coisa porque eu estava calada demais e aquilo não era bom.

Ok, na família foi basicamente isso o que houve… mas o preconceito das ruas são bem piores.

Eu sofria bastante na escola. Todos apontavam pra mim e diziam: Aah ela é infantil porque fica assistindo animês. Não vai lá falar com ela não. E sabe, eu até que agradeço a essas pessoas, porque isso evitou que eu me socializasse com pessoas idiotas.

Como se não tivesse bom ainda, tinha gente idiota que chegava em mim e falava: “aah ta lendo gibi, ne?”, “É chinês ou japonês?”, “Ah! Você gosta dessas chinesinhas?”, ” Você é burra? Ta lendo do lado errado” e etc.

Eu simplesmente sentia ódio! Mas nada supera o famoso argumento “animê é desenho”. Nossa, eu realmente ficava irritada!

Mas hoje em dia eu não dou mais atenção a isso não. Já me convenci de que aqui no Brasil existem pessoas que realmente não são burras e sim ignorantes. E ficar explicando o que é animê pra cada um que pergunta só pra zoar é simplesmente perca de tempo.

Então se alguém vier apenas para tirar sarro da sua cara, deixe pra lá. Realmente não vale a pena bater cabeça… E não é por causa disso que eu vou, que nós iremos deixar de ser otakus/otomes.

Existem gays, lésbicas, bissexuais e o escambau e todo mundo acha normal. Mas um otaku não ne? (Obs.: não tenho nada contra essas pessoas que citei acima.) 

Concluindo: Ser otaku/otome pode ser fácil pra uns, e difícil pra outros. Mas o que eu quero dizer a todos os verdadeiros otakus/otomes é que o preconceito, essas coisas ruins sempre irão fazer parte e que tudo o que é bom tem o seu lado ruim também, mas isso não significa que temos que desistir não é?

E você? O que é ser otaku/otome pra você?

14 Respostas to “Confissões de uma otome tímida: Ser otaku/otome”

  1. Maria Eduarda 14/02/2014 às 1:43 am #

    Sinto pelo oque rolou com você. As pessoas não aceitam as que são diferentes. Não ligue para elas.

    Quando eu comecei a ver naruto, (por conhencidencia eu tinha começado a fazer taekwon do uns 2 meses antes e tambem usava blusas masculinas pra dormir e de dia so usava tenis, camiseta e jens.) meus pais diziam que eu estava me transformando em um menino e que ficar assistindo anime fazia minhas notas cairem. No começo os pais demoram um pouco para se adaptar a uma mudança ou nova fase na vida dos filhos, principalmente quando é algo que eles não viam quando eram jovens ou por desconhecerem totalmente o assunto.

    Relaxa logo eles aceitaram. E não importa o que digam, seja sempre do seu jeitinho. Seja ele otaku ou não.

  2. Maria Eduarda 14/02/2014 às 1:52 am #

    Respondendo a pergunta. Pra min ser Otaku/otome é ser meio que um especialista em animes e/ou mangas e etc… Sabe? Gente que ja assistiu/leu vario ou tem um favorito. É super legal. Alguns animes/mangas podem te fazer ter outro ponto de vista, mecher com você ou apenas te fazer rir. As vezes tem personagens que nos gostamos, admiramos ou nos identificamos. Tambem é cultura pois fala sobre a historia e o jeito de vida dos japoneses. Alem de aprendermos a lingua, a culinaria de lá e alguns locais tipo okinawa e tals. Tambem é como se fosse um grupo social tipo: rockeiro, emo, patricinha…. Aonde você conhce pessoas que gostam das mesmas coisas.

    Resumindo: Otaku é uma tribo de japoneses ou não japoneses que amam ver animes, ler mangas, fazer cosplay, e um monte de outras coisas que só os otakus sabem!!!

  3. Otto gentil 08/06/2014 às 7:21 am #

    eu sofria isso tambem agumas pessoas da minha escola ficavam dizendo que animes eram chatos e falva tipo:olha ele!ele é otaku e idiota só por que assite animes

    • otakusfanaticos 08/06/2014 às 1:01 pm #

      Infelizmente, eu acredito que não só no Brasil, mas em qualquer país, sempre vai haver pessoas assim.
      Acredite ou não, mas os otakus no japão são vistos por maus olhos também. É por isso que eles são bem discretos.

  4. Nicole 20/11/2014 às 6:50 pm #

    Eu te entendo, eu sou vítima de bullying desde que tinha 10 anos, agora tenho 16. Eu nunca tive amigos, e todos falam mal de mim por diversos motivos:
    -Eu sou extremamente tímida
    -Sou otome
    -Uso vestidos de renda na escola
    -Uso orelhas de gato vermelhas na escola xD
    E eu também sou lésbica, mas só minha mãe sabe…

    • otakusfanaticos 21/11/2014 às 12:27 am #

      Entendo bem o seu sentimento.
      Quando eu entrei no 2º ano do ensino médio, eu finalmente tive paz! Ninguém mais me colocava apelidos pornográficos, ninguém mais ficava me perturbando e eu, mesmo sendo muito tímida, tipo extremamente, eu confesso que eu não sou mais besta para as pessoas(ignorantes). Eu as tiro de tempo mesmo! Confesso que sou bem maldosa as vezes, mas se eu não fizer isso, vem esse povo ignorante e cag* na minha cabeça, o que é pior.
      Bem, na faculdade eu gosto de usar o cabelo amarrado igual o da Bommie ♥
      Gosto de usar make up ulzzang também e roupas fofas =P
      Eu gosto de desenhar/ler/assistir algo do genero- anime/mangá
      Amo musicas tanto coreanas como japonesas
      E gosto de fazer poses fofas para fotos
      Mas…. infelizmente, na sociedade em que vivemos sempre haverá um padrão, e com certeza, eu não faço parte dele!

      Sobre a sua opção sexual, OMG, me sinto honrada em saber, já que só a sua mae sabe ;3
      De qualquer forma, não sei se você frequente o blog sempre ou não, mas quero que se sinta bem vinda ♥
      Aqui no blog, as pessoas são muito acolhedoras ♥ Então, qualquer coisa, estou aqui!
      Mais uma vez, bem vinda ao blog ♥

  5. Maiyumi Hirasawa (フィリア心) 16/06/2015 às 12:09 am #

    Ainda não aconteceu nada cmgo, minha família aceita numa boa, os comentários deles não mudaram a minha opinião, na school ninguém sabe que sou Otaku-Otome, ou muito menos sabe o que significa, é um alivio, eles ficam na deles, e eu fico na minha… Por isso evito falar dos meus gostos com as pessoas, até mesmo para as minha amigas! Amarei animês Forever!

    • otakusfanaticos 17/06/2015 às 1:51 am #

      Que sorte! Infelizmente tem muitas pessoas que ainda não conhecem o assunto e acabam falando besteira, magoando os outros. Eu sofri e ainda sofro, de certa forma, preconceito por causa disso… :/
      Eu sei que os otakus japoneses são beeeeeem mais hardcore do que a gente está acostumado a ver, a ser, mas isso é uma coisa que nos deixa feliz, que não faz mal a ninguém (pelo menos eu, eu não faço nada de mal a ninguém), eu não fumo, não bebo, respeito os meus pais, tenho boas notas em meus estudos, entao qual é o problema em gostar de animes, ne??
      Animes para sempre! ♥

  6. Lucy Akimya 21/10/2015 às 7:55 pm #

    Que uncrível, minha familha faz a mesma coisa !!!

  7. nekobolado 28/11/2015 às 4:42 pm #

    comigo isso já aconteceu na escola todos ficam enchendo o sacoo

  8. Gi Misaki Chan 26/07/2016 às 10:01 am #

    Sou Otome, e tenho 11 anos, e, na escola, as pessoas ficam me olhando, quando eu fico lendo mangás, e falam: Olha a otakinha, Olha a merd*nh* lendo os gibizinhos de merd*, e até a minha mãe, fica falando que eu me afasto dos outros só pq fico lendo mangás e assistindo animes, e, uma vez, eu perguntei pra minha amiga, pq só tenho 1 :’-( Se ela assistia Animes e lia algum mangá, e ela falou: “Desculpa, mas, eu n me envolvo com essas COISAS não! Eu sou a Patty Princesinha!” Aff, detesto tipos de pessoas assim, mas, ela é minha amiga :/ Mas, eu n fico deprimida com essas coisas, eu não abaixo a cabeça, mas dá um ódio :v Eu sonho em fazer cosplays em eventos, e adoro Animes e mangás, eu sonho em ir pro Japão, mas, é mto chato as pessoas ficarem te xingando e terem preconceito só pq vc lê mangás e assiste animes!!!! E pior que a minha única amiga que eu tinha de vdd, que é Otome, saiu da escola esse ano, eu nunca vou me esquecer da touca de gato do Sailor Moon que ela tinha :’-) Talvez ano q vem eu estude na escola dela, e possa me reencontrar com ela de novo! :’-)

  9. Duda 16/08/2016 às 1:29 am #

    Tadinha, ninguem nunca zuou comigo por eu ser otaku eu ando num grupinho de otakus e na minha sala todo minha ando assiste pelo menos 2 animes e/ou mangás nunca senti vergonha nem vou sentir e eu continuo por causa do um encentivo do anime inuyasha sempre lutar pelos meus sonhos e desejos

  10. Legio Warhammer 29/12/2016 às 6:45 pm #

    Eu confesso q a uns anos atrás eu ja fui preconceituoso com otakus/otomes, tipo, eu era daquele cara q gostava de coisas mais brutas, como cavaleiros cruzados, vikings, orcs, space marines, etc, e ficava puto quando “estragavam” meus personagens favoritos deixando eles kawaii, e isso era suficiente para eu sentir raiva de vcs, mas depois, eu pensei melhor, e vi que na vdd vcs não fazem mal a ninguém, que o injusto na história era eu, quando eu reconheci isso, eu passei dias chorando de arrependimento, por anos e anos de perseguição e ódio contra vcs, hoje eu não sinto mais raiva de vcs, eu confesso q continuo não gostando muito de coisas kawaii, mas não alimento mais esse preconceito que eu tinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: